AÇÚCAR: POR IMPULSO DO CONSUMO

Os preços do açúcar demerara voltaram a subir na bolsa de Nova York ontem. Os lotes para julho encerraram em alta de 5 pontos, a 14,25 centavos de dólar por libra-peso. Na segunda-feira, data do vencimento dos contratos de março, a asiática Wilmar International comprou 600 mil toneladas de açúcar, o que deu impulso às cotações. Foi a quarta vez consecutiva que a trading adquiriu grandes volumes do produto pouco antes do vencimento de um contrato. Contudo, os olhos do mercado ainda estão voltados para o Brasil, maior exportador mundial. As chuvas em importantes regiões produtoras do país são um fator de alta, porque podem atrasar a colheita de cana. No mercado interno, o indicador Cepea/Esalq para a saca de 50 quilos do açúcar cristal ficou em R$ 78,99, recuo de 0,55%.

Valor Econômico