NA MÍDIA USINAS TÊM RITMO INTENSO NO 1º TRIMESTRE E MOEM 230% MAIS CANA 13/04/2016 - Folha de S. Pau


As usinas que não interromperam as atividades de moagem de cana no primeiro trimestre deste ano foram responsáveis pelo recorde de processamento de matéria-prima na safra 2015/16. As 137 unidades que mantiveram atividade de colheita na entressafra tiveram um ritmo de atividade intenso. Os dados da Unica (União da Indústria de Cana-de-Açúcar) apontam moagem de 29 milhões de toneladas de janeiro ao final de março. Esse volume supera em 230% o de igual período anterior. Os dados finais da safra de cana da safra 2015/16 indicam uma moagem recorde de 618 milhões de toneladas, 8% mais do que em 2014/15. A produção total de etanol subiu para 28,2 bilhões de litros. Desse volume, 17,6 bilhões foram de etanol hidratado, cujo evolução foi de 13% ante a safra anterior. Já a produção de açúcar recuou 2,5%, para 31,2 milhões de toneladas.