FORTE ALTA NOS MERCADOS MUNDIAIS DE AÇÚCAR

5/6/2016


Os preços do açúcar fecharam com forte alta nos mercados internacionais nesta quarta-feira (4). "A primeira tela desugar#11 negociou em um range de 57 pontos", destacou a H.Commcor em sua análise diária da Ice Future, em Nova York. No vencimento julho/16, a commodity valorizou 40 pontos, fechando cotada a 16,65 centavos de dólar por libra-peso.

As demais telas da Ice Future fecharam com resultados positivos entre 28 e 37 pontos. "Este rally nos preços se deu após o último dia de apuração do relatório COT para a divulgação nesta sexta-feira. Ao que julgam analistas, o motivo para a puxada vem da interpretação para a baixa entrega na tela de Maio16, vencida na última sexta-feira. Esta pequena quantidade vencida na tela, junto a demanda por açúcar cru brasileiro por parte da China, vem alimentando o sentimento bullish", destacou a análise da H.Commcor.

Outro fator que influenciou na alta das cotações é a seca que assola as plantações decana-de-açúcar na Índia. Nem mesmo o ambiente favorável à colheita no Centro-Sul brasileiro foi capaz de frear o ânimo dos compradores que sustentam os fundos em suas posições.

Em Londres a commodity subiu entre 6 e 9,20 dólares a tonelada. A tela de agosto/16 fechou cotada em US$ 476,80 a tonelada, alta de 8,90 dólares no comparativo com a véspera.

Mercado doméstico

O açúcar cristal voltou a subir depois de um dia de queda no mercado doméstico paulista ontem, segundo índices do Cepea/Esalq, da USP. A saca de 50 quilos foi vendida ontem a R$ 75,15, alta de 0,39% no comparativo com os preços praticados na terça-feira.

 

 

Please reload