Em maio, etanol hidratado avança 9,8% e anidro, 4,6%

6/1/2016

 

O mês de maio foi marcado por altas nos preços dos etanóis anidro e hidratado no estado de São Paulo. A ocorrência de chuvas em diversas regiões produtoras paralisou a colheita da cana-de-açúcar, reduzindo o processamento e a oferta de etanol em muitas usinas paulistas.

Entre 23 e 27 de maio, o Indicador Cepea/Esalq do hidratado fechou a R$ 1,4773/litro (sem impostos, a retirar), alta de 4,6% frente ao da semana anterior e de expressivos 9,8% em relação à última semana de abril, quando foi de R$ 1,3369/l. O Indicador semanal Cepea/Esalq do anidro combustível fechou a R$ 1,6183/litro (sem impostos, a retirar), elevação de 3,1% em relação ao da semana anterior e de 4,6% no acumulado do mês.

Na última semana, o ritmo de negócios esteve mais lento, devido às chuvas em muitas regiões paulistas e também ao feriado da quinta-feira, 26 (Corpus Christi) – na sexta-feira, 27, especificamente, o volume de negócios no spot paulista foi bem baixo. Distribuidoras realizaram suas compras antes do feriado ou nas semanas anteriores. Algumas usinas, por sua vez, estiveram fora do mercado spot na maior parte da semana.

Tomando-se como base as quatro semanas cheias de maio, o valor médio do hidratado foi de R$ 1,4002/litro, superando em 1,52% o de abril (de R$ 1,3792/l). Já para o anidro, a média de maio, de R$ 1,5617/l, esteve 1,4% inferior à de abril (R$ 1,5837/l).

O indicador diário do hidratado Esalq/BM&FBovespa posto Paulínia fechou a R$ 1.424,00/m3 na sexta-feira, 27, aumento de 5,09% na comparação com a sexta anterior e de 10,8% no acumulado parcial do mês (de 29 de abril a 27 de maio).

Segundo cálculos do Cepea, o açúcar cristal remunerou 56% a mais que o anidro e 61% a mais que o hidratado no estado de São Paulo na última semana. Entre os etanóis, o anidro remunerou 3% a mais que o hidratado. O preço médio do etanol anidro que seria equivalente ao do açúcar cristal foi calculado em R$ 2,5227/litro (sem impostos). Para obter equiparação com o açúcar, o hidratado precisaria ter tido média de R$ 2,3722/litro (sem impostos). O preço do etanol hidratado, que seria equivalente ao do anidro, teria que ser de R$ 1,5214/litro (sem impostos).

Na Bolsa de Chicago (CME/CBOT), o contrato de etanol anidro combustível desnaturado (primeiro vencimento – Junho/16) subiu 3,18% entre as duas últimas sextas-feiras, com média semanal de US$ 1,6350/galão (US$ 431,97/m³). Na New York Mercantile Exchange (Nymex), o contrato futuro de crude oil com vencimento em Julho/16 teve média de US$ 49,01/barril na semana, alta de 1,9% na comparação entre as duas últimas sextas-feiras. (Cepea / ESALQ)

Please reload

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now