Controlar pragas é um dos maiores desafios da lavoura canavieira. Saiba como fazer 07/07/2016

7/7/2016

 

A elevação da produtividade de toneladas de açúcar por hectare (t.ATR/ha), referenciada pela fórmula ATR (Açúcar Total Recuperável) x TCH (Toneladas de Cana por Hectare) foi, é e sempre será foco do setor para poder reduzir os custos de produção e maximizar os lucros, face todas as dificuldades do setor sucroenergético.
Pesquisadores renomados e consultores do setor afirmam que para obter altas produtividades (t.ATR/ha), é necessária a interação de alguns fatores, como: clima, solo, manejo cultural e variedades, sendo o primeiro incontrolável. “Há tecnologias que agregam muito valor à produtividade, mas de nada adianta se tivermos lavouras com problemas de pragas que causam falhas no stand, reduzem o TCH e/ou ATR e, não muito distante, a longevidade das soqueiras. As lavouras precisam de cuidados técnicos como redução sustentável de pragas para produzir bem e apresentar longevidade”, relata o engenheiro agrônomo Rogério do Nascimento, consultor da Três Dígitos Consultoria Agrícola em Cana-de-açúcar.
Sobre este tema, Rogério realizará palestra durante o 12º Insectshow, tradicional seminário sobre controle de pragas em cana-de-açúcar que neste ano acontece nos próximos dias 13 e 14 de julho, no Centro de Convenções de Ribeirão Preto. A apresentação dele terá como título “Como gerenciar o controle de pragas e doenças em grandes lavouras de cana”.
“Trata-se de um evento anual que reúne grandes especialistas, pesquisadores, produtores, empresas, profissionais do setor etc, para atualização e divulgação de procedimentos, monitoramentos, progressos, e estratégias voltadas para o controle de pragas e doenças de cana-de-açúcar. Além disso, é um espaço reservado para a apresentação de casos de sucesso (gestão avançada) observados nas usinas com controle químico, biológico e cultural e suas interações.”
GESTÃO AVANÇADA
Segundo o engenheiro agrônomo, quando o assunto é controle de pragas nas grandes lavouras da cana-de-açúcar o desafio é ainda maior, pois as pragas que atacam a cultura são responsáveis pela perda de um grande valor percentual do lucro do produtor ou da usina (t.ATR/ha).
“O objetivo da palestra ‘Como gerenciar o controle de pragas e doenças em grandes lavouras de cana-de-açúcar’ será o de demonstrar quais são os principais pontos a serem observados para a correta formação de equipe, seu dimensionamento e identificação das pragas. Este é o primeiro e importante passo para que as providências possam ser tomadas de forma racional e sustentável para o processo produtivo.”
Serão demonstrados também: 1) o monitoramento; 2) o controle, possibilitando o uso racional de inseticidas e fungicidas que não interferem nos métodos de controle de outras pragas, sem prejuízos aos inimigos naturais e principalmente sem prejudicar o meio ambiente; 3) estratégias; 4) importâncias da experimentação para as áreas produtoras; 4) relações de custos e benefícios; 5) controle integrado etc. “Nosso objetivo é, de forma geral, demonstrar uma gestão avançada do controle de pragas em lavouras de cana-de-açúcar.”

Please reload

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now