Datagro reduz estimativa de moagem no Centro-Sul para 597,25 mi de toneladas

8/11/2016

 

O clima quente e seco e as geadas que atingiram várias regiões tradicionais de cana-de-açúcar no Centro-Sul desde junho fizeram com que a Datagro Consultoria revisasse a estimativa de moagem da cultura em 2016/2017 de 625 milhões para 597,25 milhões de toneladas. A estiagem deve melhorar a previsão de Açúcar Total Recuperável (ATR) no processamento de 133 kg/tonelada para 134,15 kg/tonelada, mas oferta total de ATR, com menos cana, deve cair 1,3% sobre 2015/2016, para 80,12 milhões de t, ante uma previsão inicial da Datagro, de alta de 2,4%.

Segundo a consultoria, o processamento da safra no Centro-Sul se encerrará mais cedo, a entressafra será mais longa e o volume de cana sem ser processado será de apenas 4 milhões de toneladas, ante um total estimado de 14 milhões de toneladas anteriormente.

Com a menor oferta, a Datagro reduziu as estimativas de produção no Centro-Sul de açúcar, de 35,2 milhões para 34,2 milhões de toneladas, e de etanol, de 27,28 bilhões para 26,1 bilhões de litros de litros. O mix de destino da matéria-prima para a produção do açúcar na região foi elevado de 44,4% para 44,7%, segundo a Datagro, e o do etanol caiu para 55,3%.

A Datagro estimou, ainda, que a safra da região Nordeste, que inclui algumas usinas no Norte do Brasil e iniciada entre agosto e setembro, deve atingir 53,5 milhões de toneladas em 2016/2017, alta de 9,2%, sobre as 48,98 milhões de t da safra passada. Com isso, as usinas brasileiras do Centro-Sul, Norte e Nordeste devem processar na safra 2016/2017 650,75 milhões de toneladas de cana. (Agência Estado 11/08/2016)

Please reload