Açúcar: Efeito cambial

9/1/2016

 

A alta do dólar ante o real momentos antes da conclusão do processo de impeachment de Dilma Rousseff no Senado pressionou as cotações do açúcar demerara na bolsa de Nova York.

Os papéis com vencimento em março de 2017 fecharam a 20,56 centavos de dólar a libra-peso, recuo de 45 pontos.

A moeda americana mais forte tende a estimular as exportações brasileiras, elevando a oferta no mercado internacional.

O Brasil é o maior produtor mundial de açúcar e registrou uma produção acumulada de 19,878 milhões de toneladas até o último dia 15 de agosto, segundo dados da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica).

No mercado interno, o indicador Cepea/Esalq para o açúcar cristal em São Paulo ficou em R$ 86,02 a saca de 50 quilos, queda de 0,47%. (Valor Econômico 01/09/2016)

Please reload

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now