Suco de laranja: Recuo moderado:

9/30/2016

 

O arrefecimento da temporada de furacões na Flórida, segundo maior produtor mundial de laranja, pressionou as cotações do suco ontem na bolsa de Nova York. Os papéis com vencimento em janeiro fecharam a US$ 2,0255 a libra-peso, com recuo de 35 pontos. "Não houve tempestades tropicais fortes o suficientes que atingissem o Estado este ano", observa Jack Scoville, da Price Futures Group. Principal fornecedor da indústria de sucos americana, a Flórida deve registrar sua pior produção desde 1964 devido à estiagem e ao avanço do greening, segundo o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA). No mercado interno, o preço médio da caixa de laranja (de 40,8 quilos) destinada à indústria subiu 0,54%, para R$ 20,53, segundo o Cepea.

Please reload