Açúcar: Efeito China

7/18/2018

 

As informações de que a China elevará a tarifa sobre a importação de açúcar realizada fora da cota de 1,95 milhão de toneladas para todos os países fornecedores ajudaram a dar fôlego às cotações do demerara na bolsa de Nova York.

Ontem, os contratos para março subiram 15 pontos, para 11,83 centavos de dólar por libra-peso.

Dentro da cota, a taxa é de 15%. Até então, fora da cota, a tarifa era de 50% para os demais países, exceto para Brasil e Tailândia, que têm taxa de 95% desde maio do ano passado.

Para analistas, o aumento da tarifa para outros países deve favorecer exportadores tradicionais, como o Brasil, cujas vendas ao mercado chinês caíram nos últimos meses.

No mercado brasileiro, o indicador Cepea/Esalq para o açúcar cristal em São Paulo ficou em R$ 54,36 a saca de 50 quilos, queda de 1,75%. (Valor Econômico 17/07/2018)

Please reload