A estratégia para a continuidade na cana-de-açúcar

1/16/2019

 

Sucessão familiar é um tema que deve ser discutido com profundidade nas empresas familiares, a fim de discutir desde o regime de casamento dos filhos à formação de uma empresa holding¹, pensando de forma preventiva na segurança do patrimônio e continuidade dos negócios.

Para que seja bem-sucedido, o processo de sucessão deve ser bem planejado, sólido e transparente, sem a comum interferência de fatores emocionais e mágoas familiares. Além disso, o preparo da família passa a ser fundamental, a fim de se tornarem empresários e passarem a olhar o negócio como investidores.

As empresas familiares representam uma grande parcela no conjunto das empresas privadas existentes no país e no mundo, cerca de 70% destas. Dentre elas, as dificuldades mais recorrentes são a transferência do comando (sucessão), divisão das responsabilidades e profissionalização.

A profissionalização refere-se a um modelo de administração onde os papéis e responsabilidades estão bem definidos, ou seja, "família é família", "empresa é empresa" e "sociedade é sociedade". É claro que a profissionalização na prática não quer dizer substituição total dos parentes por pessoas de fora, pois existem familiares qualificados e competentes para a gestão do negócio. Neste sentido, o caminho é estabelecer os critérios claros de ingresso, qualificação e permanência na empresa, apoiados pela família ou até, em alguns casos, incluir a participação indireta de agentes externos como clientes, fornecedores ou consultores.

Princípios básicos da Governança Corporativa:

• Transparência: Informar e disponibilizar os dados aos interessados, independente dos resultados da empresa, o que aprimora a confiança nas relações;
• Equidade: Tratamento justo entre os sócios, práticas discriminatórias são extremamente prejudicais ao negócio;

• Prestação de contas: Prestar contas regularmente das atuações dos gestores, assumindo a responsabilidade dos sucessos e insucessos;

• Responsabilidade corporativa: Todos são responsáveis pela sustentabilidade do negócio, visando longevidade e não deixando para trás aspectos ambientais e sociais. (Cana Online 16/01/2019)

Please reload

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now