Açúcar: Apoio do petróleo

2/19/2019

 

O açúcar refinado subiu ontem na bolsa de Londres, dia de feriado nos EUA que paralisou as negociações das "soft" commodities.

Os papéis do adoçante para agosto subiram US$ 3,60 e fecharam a US$ 362,70 por tonelada.

O movimento dá sequência à alta de sexta-feira, quando os preços do açúcar refinado subiram para o patamar de US$ 354,70 por tonelada.

O movimento acompanhou a alta do petróleo. Ontem, o Brent atingiu o maior patamar em três meses.

Em Nova York, os preços do açúcar demerara apresentaram recuperação na última semana, acompanhando o mercado do fóssil e ainda refletindo a rolagem de posições dos fundos.

No mercado interno, o indicador Cepea/Esalq para o açúcar cristal em São Paulo subiu 0,64%, para R$ 68,85 a saca de 50 quilos. (Valor Econômico 19/02/2019)

Please reload